Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

Fórum Sindical e Educacional do SINESP debate as Políticas Públicas em execução no Brasil e suas graves consequências na economia, na Educação Pública e demais esferas sociais

Nos dias 29 e 30 de junho de 2021, o Fórum Sindical e Educacional do SINESP promoveu um debate atual e necessário, com a presença de especialistas como a Profa. Dra. Theresa Adrião, a Profa. Dra. Angela Antunes, a Dra. Dalila Oliveira, o Prof. Dr. José Celso, o Prof. Dr Daniel Cara e o Prof. Dr. Clemente Ganz Lúcio para tratar de temas diversos no sentido de consolidar o protagonismo dos educadores no mundo contemporâneo em que uma série de mudanças nas relações entre o Estado e a Sociedade pode trazer consequências nefastas aos direitos mais básicos da população.

Um Fórum participativo, mesmo com SME impedindo a dispensa de ponto!

O SINESP não desistiu de lutar pela volta do Fórum e o realizou no formato virtual, mas sem a dispensa de ponto esse evento tão importante. Mais uma vez o arbítrio prevalece, dessa vez acompanhado pela nítida retaliação do governo frente à greve sanitária pelo direito à vida em meio a uma pandemia devastadora.

Talvez o motivo de tantas dificuldades e impedimentos pelos governos seja o medo de que, conscientes e mobilizados, os trabalhadores estejam mais prontos para a luta por seus direitos.

O Fórum Sindical e Educacional do SINESP sempre foi palco de debate de temas importantes para o cidadão, como trabalhador e educador.

A questão salarial, reformas previdenciária, trabalhista, sindical, papel social da escola pública e do servidor, ajuste fiscal, orçamento, recursos financeiros para a educação, gestão democrática e participativa, a arte de negociar, poder da mídia, Planos municipal, estadual e nacional de educação, carreira, condições de trabalho, humanização e conhecimento, enfim, tudo esteve presente no radar dos Fóruns do SINESP.

Se em tempos normais o Fórum do SINESP sempre foi importante, o grave momento atual exige de nós organização, mobilização e estratégias acertadas de luta.

Mudanças aceleradas e drásticas nas relações entre Estado e Sociedade, tema desse Fórum, terão consequências previsíveis e devastadoras: o desmonte do serviço público, prejuízos à população usuária, clientelismo, aparelhamento do Estado, avanço do mercado nas verbas públicas.

Tudo isso numa hora de grande sofrimento de uma população que chora mais de quinhentas mil mortes provocadas pela omissão de governos no combate à pandemia e por políticas públicas perversas de desvalorização da vida.

Unidos encontremos força e caminhos para lutar, mudar essa realidade e defender a democracia e o estado de direito no país. Porque esses são os desafios do momento.

>>> Veja o Fórum do SINESP 2021 na íntegra abaixo, nos vídeos completos das palestras!

Fórum Sindical e Educacional SINESP 2021 - 29 e 30 de junho de 2021

AS TRANSFORMAÇÕES DO ESTADO E SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Na Conferência de Abertura, a Profa. Dra. Theresa Maria de Freitas Adrião traz o "Retrato da Educação Pública Brasileira frente às transformações do Estado na atual conjuntura". "Há alterações na conjuntura brasileira e internacional que se relacionam com o estado capitalista, o que interfere nos direitos que são ofertados pelo Estado, como a Educação Pública", destaca a especialista.

.

Em seguida, a Profa. Dra. Angela Biz Antunes apresenta o Painel "Currículo: o ambiente escolar como espaço social de cidadania, de solidariedade e de libertação", com a construção de possibilidades nesse momento de pandemia. "As novas tecnologias são importantes mas têm que estar a serviço de uma educação humanizadora e emancipadora, como está no Pacto Educativo Global, do qual o SINESP é signatário", lembra a professora doutora.

A Dra. Dalila Andrade Oliveira apresenta o Painel "A profissionalização, as condições de trabalho e a saúde dos trabalhadores de Educação em tempo de isolamento social", fruto do trabalho docente do mestrado da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com dados coletados em junho do ano passado, na busca de compreender como os sistemas educacionais reagiram frente ao distanciamento social imposto pela pandemia da Covid-19. "Essas condição excepcional mostrou o quanto não estamos preparados para a educação remota", frisa a doutora. 

O Painel apresentado pelo Prof. Dr. José Celso Pereira Cardoso Junior, "Reforma Administrativa para quem? Como usurpar direitos de  servidores e dos cidadãos", mostra um conjunto de medidas abrangentes, profundas e velozes para desmonte do Estado e destituição dos direitos sociais garantidos pela Constituição de 1988, cuja cereja do bolo é a PEC 32. "Não se trata de fazer melhorias e sim de alterar completamente as regras do jogo, trazendo de volta uma relação 'imperial' que traz superpoderes ao Presidente e aos governos", sublinha.

O Prof. Dr. Daniel Cara apresenta o Painel "Educação: direito humano fundamental ou serviço essencial?", em que traz a evolução do conceito de educação pública através dos tempos, fortemente marcado pelo Iluminismo e por revoluções que aconteceram a partir do século 18, como a Gloriosa, no Reino Unido, a Francesa e a Independência dos EUA.

O professor doutor desconstrói o que propõe o Projeto de Lei 5595, que pretende incluir a Educação como atividade essencial, quando na verdade esconde em seu bojo o fim do direito à greve, uma bandeira de um movimento patrocinado por instituições financeiras denominado Movimento Escolas Abertas. "Quando a educação for gerida por educadores, o país vai ser outro, diferente deste que está diante de um projeto de fascismo miliciano", salienta.

Na Conferência de encerramento, sob o tema "O projeto de desmantelamento do sindicalismo dos trabalhadores da educação e a escola pública como reduto de resistências em defesa da educação pública e da vida", o Prof. Dr. Clemente Ganz Lúcio chamou a atenção para a necessidade de um projeto de comunicação que trabalhe as redes sociais do ponto de vista organizativo para atender os mais de 100 milhões de trabalhadores brasileiros.

"As redes sociais têm que nos conectar para estarmos juntos. A despeito do individualismo inerente às redes, o trabalho de base, o poder agregativo para gerar resposta propositiva exige um projeto de comunicação que se relacione. Estar junto é bem melhor e esse é um dos princípios do sindicalismo", acentua.

Alguns depoimentos de quem participou do Fórum Sindical e Educacional do SINESP 2021

Lucinete Silva Aquino
Supervisora Escolar DRE Campo Limpo

(A palestra de abertura) "...Foi muito esclarecedora a respeito da histórico da privatização e terceirização da Educação no Brasil e a intenção da busca do Ensino Remoto. Parabenizo a palestrante e o sindicato."

Thellma Figueiredo de Souza
Coordenadora Pedagógica EMEI Ricardo Gonçalves DRE PJ

"O Fórum foi excelente e os temas pertinentes ao momento político. Os palestrantes também agregaram muitas contribuições com as discussões que o SINESP vem travando, lutando e defendendo nossos direitos. Obrigada mais mais uma vez queridos parceiros e parceiras de enfrentamento, mas acolhimento e renovação!!! Seguimos juntos. Fraterno abraço virtual"

Carina Fagaraz Pretel
Diretora de Escola CEI Parque das Paineiras DRE Penha

"Foi a primeira vez que participei. Infelizmente não tivemos a dispensa do dia. Se isso ocorresse, tenho certeza que poderia ter aproveitado muito mais as palestras. Mesmo assim, agradeço os temas escolhidos. Superaram minhas expectativas a clareza das falas dos palestrantes. Assuntos atuais e necessários."

Douglas Eduardo Rosa
Conselheiro Fiscal do SINESP e Presidente do CACS FUNDEB


"Palestra que analisa e demonstra problemas estruturais que já existiam e que ficaram em maior evidência no distanciamento social."

Mardonia Matos Pinheiro Alencar
Diretora de Escola CEI Parque Casa de Pedra DRE JT

(Palestra abertura) "Tema muito importante para os momentos atuais econômicos e financeiros do país, e para além disso, conhecimentos mais que necessário para nós servidores, sobretudo nas questões de endividamento. Considerando até o incentivo a mais de 5% na margem de empréstimo."

Edilene de Fatima Clemente Assistente de Diretor de Escola
EMEF João Franzolin Neto, Prof. DRE Penha

"Prof. Dr. Daniel Cara, sem palavras! Seu nome já define a garantia da qualidade da palestra e das reflexões geradas! Mais uma vez, parabéns ao SINESP, pela excelente qualidade dos palestrantes e das temáticas abordadas!"

Fabiana Pereira Brito
Gestora do CEU Itaquera DRE IQ

"Excelente aula do Prof. Dr. Daniel Casa. A educação é um serviço humano fundamental, necessário para vivência, para desenvolvimento da pessoa, assim como garantido na Constituição Federal."

Regina Célia dos Nascimento Coni
Coordenadora Pedagógica aposentada

"Essa palestra de encerramento fez um chamamento aos sindicatos, que será, talvez, única "arma" de defesa da classe trabalhadora. Estes poderão ser pulverizados, como bem disse em campanha o atual presidente, que por sinal não me representa. Faz-se necessário trilhar lado a lado o mesmo caminho."

Comentários   

# Anna Cecília Koebcke 02-07-2021 17:49
Boa a iniciativa e oportuna a discussão temática proposta. Mais do que nunca, precisamos nos organizar em torno de Bandeiras de Luta que nos permitam disputar Narrativas em Defesa da EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE SOCIAL PARA TODOS TODAS E TODES, Estatal e Gratuita, Democrática, Participativa, Inclusiva e Popular! Emancipadora e Humanizadora!
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault