Um ano e tanto... E o tanto que virá

O ano que chega ao fim teve lutas intensas, obstáculos vencidos, formação qualificada, conquistas e a certeza de que 2024 terá frentes de batalha ainda maiores!

A ação vitoriosa dos 81% foi uma grande conquista do SINESP e de toda a categoria. Rendeu frutos em 2023 e continuará em 2024, com a abertura de novo grupo e, para quem já teve os 25,32% incorporados, perspectivas de definição dos valores dos precatórios. O trabalho do SINESP continua forte junto ao procurador, solucionando e revertendo muitos casos.

O descongelamento do tempo de serviço na pandemia (LC 173/20) para contagem de direitos, merece destaque. Desde maio de 2022, dirigentes e conselheiros do SINESP movimentaram corredores, gabinetes, salas e plenários em Brasília pela tramitação do PLP 143/20, que em 2023 teve a ele apensado o PLP 21/23. A luta intensa resultou na aprovação do projeto em todas as comissões.

O SINESP trabalhou por esta conquista e conseguiu exercer pressão e trazer resultados, como ocorrera na conquista da aposentadoria especial para os Gestores Educacionais. A luta continua em 2024 pela tramitação e aprovação no plenário da Câmara.

A defesa da carreira teve um capítulo especial, com a luta que levou o governo a recuar da política de remuneração por subsídio para os profissionais da educação na Campanha Salarial.
Dessa luta resultou a formação da Coordenação Exclusiva dos Sindicatos da Educação (SINESP, Sedin e Sinpeem), a COEDUC, para fortalecer a defesa intransigente da carreira, dos direitos e da valorização dos profissionais da educação, do direito à educação pública, estatal e na rede direta.

O SINESP denuncia permanentemente as ações antissindicais e as exigências sem fundamento da SME e PMSP, como ocorrem em sobreposições de atividades com o calendário do Sindicato, na imposição de data de atividade com as famílias desconsiderando prática consolidada pelas próprias UEs, no desrespeito à autonomia das Unidades Educacionais, das deliberações dos Conselhos de Escola, na falta ou demora no apoio em vários aspectos, principalmente no atendimento à inclusão de estudantes e a prevenção da violência na escola e no direito de usufruir férias sem ser punido por situações que não são de controle dos profissionais, como licenças médicas.

Esses obstáculos são enfrentados pelo Sindicato em esforço que conta com inovações e ações como o lançamento do aplicativo do SINESP, seminários com temas importantes e que procuraram dar suporte ao trabalho dos Gestores Educacionais, com os Grupos de Trabalho, importantes para expressar um olhar vindo da própria base, e a cobrança para autoridades e órgãos competentes para uma verdadeira política pública de educação.

Um tanto ainda maior de ações virá em 2024, com a continuidade das lutas pelo descongelamento em Brasília e em São Paulo, contra a Reforma Administrativa, em defesa do Fundeb, contra as privatizações e terceirizações e outras, sempre com unidade e mobilização de todos na defesa do serviço público com servidores e gestão pública!

A Diretoria do Sindicato conta com o apoio e a participação de todos. Junte-se ao SINESP nas lutas! Juntos seguiremos mais fortes!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault