Aconteceu no SINESP
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Carta aos Educadores encaminhada pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo não considera o diálogo e as defasagens da Rede Municipal de Educação!

Documento intitulado Carta aos Educadores e encaminhado às Unidades Educacionais e Diretorias Regionais de Educação não dialoga com a Rede Municipal de Educação. A formação de um comitê de crise entre os representantes dos profissionais de educação e a Administração Municipal é imprescindível, sobretudo para proposição de medidas conjuntas para o enfrentamento das adversidades existentes com ponderação e respeito aos Profissionais e a comunidade.

Neste sentido, o SINESP já vem constantemente manifestando desacordo com a política adotada que desrespeita a comunidade escolar e os Profissionais de Educação.

O envio de materiais impressos feitos de forma aligeirada sem discussão com a Rede pode expor situações equivocadas. Não é real afirmar que a aprendizagem estará assegurada com material impresso, que não possui cronograma de entrega, e algumas atividades realizadas em ambiente virtual que não foram nem apresentadas aos Profissionais de Educação.

O Documento ressalta uso de redes virtuais o que desconsidera a diversidade e especificidade dos bebês, crianças e alunos quanto a equipamentos e acesso a estas redes, agravado pelo momento de pandemia.

O levantamento do Retrato da Rede 2020, em fase final de publicação, aponta que, para 59,87% dos Gestores Educacionais, os próprios equipamentos das Unidades Educacionais são inadequados.

A falta de informações adequadas por parte de SME fragilizam a relação Escola com sua comunidade.

Os Gestores Educacionais e o Quadro de Apoio estão em plantões diários nas Unidades Educacionais quando deveriam estar em teletrabalho, uma vez que não existe atendimento presencial ao munícipe.

Ao SINESP, o Ministério Público informou que já foi expedido comunicado para Secretaria Municipal de Educação, conforme determinação do Dr. Daniel Serra Azul Guimarães, DD Promotor de Justiça do GEDUC, solicitando que, com urgência, sejam prestados esclarecimentos, notadamente tendo em vista a prevalência do direito à vida e à saúde sobre direitos patrimoniais.

SINESP: Junte-se a quem luta com você

>>> LEIA A CARTA AOS EDUCADORES NA ÍNTEGRA CLICANDO AQUI

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault