Aconteceu no SINESP
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A pandemia afeta as rotinas das pessoas no mundo todo. São muitas incertezas, que podem trazer emoções como tristeza, solidão, angústia, raiva, ansiedade e frustração. Porém, para os professores, existem ainda mais agravantes.  Além de estar na linha de frente junto à comunidade, muitos têm sido solicitados a adaptar material e didática ao ensino à distância, situação que muitos não estavam familiarizados.

Por isso, os alunos da psicologia da USP de Ribeirão Preto (FFCLRP) construíram uma cartilha com o objetivo de olhar para as especificidades do professor nesse período e levantar algumas ideias para auxiliar na adaptação. Para tanto, contaram com a colaboração de professores do ensino básico, que relataram tarefas e obstáculos que perceberam neste novo contexto: mensagens de alunos e pais chegando a todo momento, preparação de aulas em ambiente doméstico, distração com interferências de vizinhos, tarefas domésticas, adaptação às novas tecnologias, entre outros.

Com tanta coisa para lidar ao mesmo tempo, se torna urgente evitar sobrecarga e melhorar a qualidade de vida no trabalho em ambiente doméstico, por isso, a cartilha traz orientações neste sentido. Tem também um planner para download que pode ajudar na organização diária. O texto traz ainda orientações para identificar o momento de pedir ajuda terapêutica. 

>>> Clique aqui para ler a Cartilha de apoio à saúde mental do(a) professor(a) durante a pandemia de covid-19 na íntegra

Comentários   

# nadia 15-07-2020 21:12
eu gostaria muito de participar
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault