Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

Presidente do SINESP, Luiz Carlos Ghilardi, grava mensagem para a categoria em que ressalta a ação do Sindicato na base, a importância da liminar conquistada no TJ, chama os RELTs para as reuniões de 23, 24 e 25/03 e todos Gestores Educacionais a participarem e fortalecerem a luta como forma de romper a falta de escuta e o autoritarismo da SME e alcançar negociações e conquistas.

 

Abaixo está a transcrição da mensagem:

“Aos Colegas Gestores e Gestoras Educacionais, trago uma mensagem de luta, esperança e otimismo.

A greve é um direito da categoria. Ela precisa crescer para que a SME saia do autoritarismo, negocie e atenda nossas justas reivindicações.

A liminar conquistada pelo SINESP no Tribunal de Justiça foi um incentivo à luta, e está valendo enquanto não for derrubada. A juíza reconheceu que o país enfrenta a pior fase da pandemia, com recordes de mortes, colapso no sistema de saúde e nova variante mais transmissível do vírus.

Para ela isso deveria ser considerado e condenou a Administração Pública a inserir os Gestores Educacionais no recesso escolar.

Os argumentos da juíza mostram que estamos no caminho certo, ao entrar em greve pelo fechamento das escolas e colocação de todos em trabalho remoto, até que haja vacina e condições seguras para o retorno.

Estamos do lado certo da história ao defender nossas vidas, das crianças e de seus familiares, porque nada pode ser posto acima da vida!

O SINESP busca meios de combater o autoritarismo e a falta de escuta da SME. Por isso protestou na Secretaria contra a orientação de apontamento de faltas dos grevistas. É uma afronta ilegal e autoritária ao direito de greve e tem que ser revogada! Isso também depende da força da greve.

E para fazê-la mais forte, os Dirigentes do SINESP estão visitando as escolas e as equipes que ainda não aderiram. Levam informações e convocação para a participação de todos.

O mesmo faremos nas reuniões com os Representantes dos Locais de Trabalho nos dias 23, 24 e 25 de março.

Participe! Unidos e na luta vamos alcançar as vitórias que precisamos."

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault