Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

O Direito de Greve é constitucional e a Segurança à Vida é primordial!

O SINESP, com os demais sindicatos que compõem o Forum das Entidades e as Secretárias Executiva Malde Vilas Boas e Adjunta Minea Fratelli, em reunião no dia 29 de abril de 2021, foi contudente em defesa dos Gestores Educacionais diante das ações efetuadas por diversas Diretorias Regionais de Educação, que têm realizado reuniões e pressão para que exista desconto de pagamento dos Profissionais de Educação, de forma a desrespeitar os Diretores de Escola.  

O SINESP reafirma que a pressão pela caracterização do tipo de falta afasta das Chefias a atribuição que lhe é exclusiva, de analisar e qualificar a ausência, (artigo 92 da lei 8989) para todos os seus efeitos. Esta qualificação não cabe neste momento, enquanto a SME não realizar uma verdadeira negociação com a categoria e a vacinação avançar para todos os Profissionais de Educação. 

A Secretária Executiva Malde Vilas Boas, em devolutiva à demanda do SINESP, informou que os holerites que não foram disponibilizados online devido aos pagamentos zerados, tiveram o seu envio para as Diretorias Regionais de Educação e está em tratativas com o PRODAM para irem para a área privada online junto dos demais holerites. O SINESP enfatiza que é direito do Servidor o acesso ao documento e que a resolução tem de ser imediata. 

A Secretaria Executiva manteve posição de que somente negocia a reposição dos dias parados e os descontos com o anúncio do final da greve por parte do Fórum das Entidades.

Quanto à pressão apontada pelo SINESP para a qualificação das faltas dos grevistas, a Secretária Executiva afirmou que em reunião com as DREs era para ser em tom de orientação às Unidades Educacionais. 

A realidade e a escalada da pandemia têm se mostrado pesadas. O fato de cerca de 12% do total dos matriculados estarem em atividades nas Unidades, reflete que a maioria das famílias compreendem que o momento é de distanciamento social e preservação das vidas e vai ao encontro da luta empreendida pelo SINESP

O SINESP manifesta que SME tome as providências necessárias para tornar sem efeito as medidas consistentes no apontamento diário de faltas aos servidores grevistas, que cessem as formas de pressão sobre os Diretores de Escola e realize negociação efetiva para a preservação da vida de Profissionais de Educação e toda comunidade.

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault