Aconteceu no SINESP

Nesse dia terá prosseguimento a discussão das reivindicações da categoria, e espera-se que acompanhadas de posicionamentos, pois o governo já as tem em mãos e deu início às tratativas na reunião anterior, no dia 11 de março. TODOS NA LUTA!

Após o ato da categoria no dia 11 de março, durante o qual a Administração Municipal se reuniu com o SINESP e representantes das demais Entidades do Fórum, foi restabelecido calendário de reuniões permanentes do Fórum das Entidades com a Administração.

A próxima reunião está marcada para 6 de abril, dia em que as negociações das reivindicações da categoria para a Campanha Salarial 2022 terão prosseguimento.

Atento à postura já conhecida da atual Administração, que prima por faltar com o diálogo e não considerar as demandas dos trabalhadores apresentadas nas mesas de negociação, o Fórum das Entidades convoca a categoria para nova manifestação em frente a sede da prefeitura, no Viaduto do Chá, no dia da reunião, 6 de abril, às 14h.

●VEJA AQUI O BOLETIM UNIFICADO DO FÓRUM DAS ENTIDADES

Todos unidos por NENHUM DIREITO A MENOS e CONQUISTAS A MAIS!

O SINESP convoca toda a categoria para a luta – Quarta, 6 de abril, 14h00, em frente à prefeitura.

Organize-se no seu local de trabalho para a participação. A união e a mobilização de todo o funcionalismo municipal de São Paulo é urgente para mudar a situação e conquistar o atendimento das reivindicações unificadas definidas pelo Fórum das Entidades e encaminhadas ao governo

Pelo que a categoria luta:

●Reposição salarial de 45,14% referente às perdas inflacionárias.

●Fim das terceirizações, privatizações e concessões.

●Concurso público e nomeação imediata dos concursos vigentes.

●Revogação do confisco de 14% sobre a parte dos proventos de inativos que ultrapasse o valor do Salário Mínimo – Sampaprev 2.

●Retomada imediata da mesa de negociação central e das mesas setoriais e bilaterais de negociação.

●Garantia de Revisão Geral Anual plena.

●Extensão aos aposentados de benefícios, abonos, bonificações e prêmios recebidos pelos servidores na ativa.

●Reajuste dos vales alimentação e refeição.

●Revogação das permissões aprovadas na Emenda 41 à LOM (Sampaprev 2) quanto a aumento de alíquotas extraordinárias, aumento de idades mínimas, redução de aposentadorias e pensões, bem como a segregação de massas.

CardForumAto 6 4 22 m

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault