Aconteceu no SINESP

●Depois de várias reuniões sem apresentar nada de concreto, o governo leva para a mesa uma proposta que contempla parte das reivindicações da categoria.

●O SINESP e as demais Entidades veem avanços na manutenção da carreira, do quinquênio e da sexta parte, mas consideram o reajuste aquém da necessidade e exigem continuidade das negociações antes que um Projeto de Lei seja encaminhado à Câmara Municipal.

Em reunião realizada com o SINESP e as demais Entidades representativas dos Trabalhadores da Educação nessa segunda, 27 de junho, na sede da prefeitura, os representantes do governo enfim apresentaram uma proposta. O SINESP foi representado pela sua Presidente Norma Lúcia Andrade dos Santos e pela Dirigente Letícia Grisólio Dias.

A proposta do governo contém os seguintes itens:

˃˃Reajuste linear de 5% sobre as tabelas do QPE, contemplando ativos e aposentados;

˃˃32% do piso sobre os salários das referências iniciais, mas não falou em nenhum momento em Incorporação.

Pela continuidade das negociações

A proposta do governo contém inconsistências:

˃˃A retroatividade a partir de 01/05/22 não foi garantida de imediato. O governo ficou de dar resposta posterior.

˃˃Não falou em previsão de incorporar os 32% nos pisos e mesmo de discussão dessa incorporação.

O SINESP não concorda com o formato da proposta porque o reajuste de 5% para todos os profissionais da educação é menor do que reivindicado pelo Fórum das Entidades, não repõe as perdas históricas da categoria e sequer a inflação do período.

Além disso, ela implica achatamento dos salários dos padrões para quem está no meio e no final de carreira e também dos proventos dos aposentados.

Considerando que foi a primeira proposta apresentada pelo governo depois de várias reuniões em que nada de concreto foi apresentado, o SINESP continuará a luta pela manutenção da carreira, pela melhoria dos índices de reposição salarial para todos, incluindo os aposentados, e contra a perda de direitos.

Participe da luta junto com o SINESP!

Pisos reajustados pela proposta do governo:

PisosReajustadosPropostaGov

Comentários   

# Mariza Coelho Amendola 28-06-2022 19:20
Só gratidão pela luta do sindicato em defesa dos nossos direitos.
Responder | Responder com citação | Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault