Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

marielleO profundo pesar que espraiou pela população brasileira após o bárbaro assassinato da Vereadora Marielle Franco atingiu igualmente a Diretoria do SINESP e, certamente, toda a categoria.

Aturdidos e profundamente sensibilizados prestamos os mais sinceros sentimentos à família, amigos e ao povo humilde das comunidades da Maré por essa irreparável perda.

O crime contra Marielle atinge a todos nós que almejamos um país mais justo e menos desigual, a ampliação de direitos sociais e trabalhistas, e nesse momento em forte resistência para que eles não nos sejam tirados, uma vez que os trabalhadores estão sob forte ataque de forças conservadoras a serviço dos interesses do capital.

Marielle representava o que pode ter de melhor na política brasileira.

Uma mulher negra, mãe, pobre, lutadora, uma voz de resistência e combate às atrocidades sociais e humanas que são praticadas contra os mais humildes, despossuídos, marginalizados e esquecidos pelo estado nas favelas do Rio de Janeiro e nas periferias de todo o país.

Esse é o novo que todos buscamos.

Nele está a possibilidade do olhar social e humano na política, da justiça e da honestidade que só pode ter aquele que não está a serviço das forças econômicas e mercadológicas dominantes.

A voz de Marielle estará sempre presente como um grito de liberdade e justiça na garganta de todo povo humilde, de cada trabalhador, mulher, homem, jovem e criança negra e branca.

MARIELLE FRANCO PRESENTE, HOJE E SEMPRE!!!

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault