Aconteceu no SINESP
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Confira quais desses vereadores são candidatos e lembre-se que QUEM VOTOU, NÃO VOLTA!.

Confira também as propostas dos prefeituráveis, que fazem debate hoje na TV Cultura, a partir das 22h00.

 

É preciso votar em defensores dos Serviços e dos Servidores Públicos para as Câmaras Municipais

As lutas da categoria nos últimos anos, em defesa da aposentadoria e em vários outros direitos, como na resistência ao PL privatizante e ampliador dos convênios 452/20, enfrentou a tropa de choque do governo na Câmara.

As lutas continuam e virão em frente quantidade, frente à investida neoliberal que tem na estrutura dos serviços públicos e na carreira dos servidores alvos a serem destruídos, para que a iniciativa privada assuma os postos.

Os trabalhadores em geral, com os servidores públicos entre eles, precisam parar de eleger inimigos, representantes dos interesses dos empresários, banqueiros, especuladores e herdeiros de fortunas acumuladas com a exploração do povo e a corrupção.

Precisam eleger representantes seus, lutadores com garra e idoneidade comprovadas nas lutas da categoria, do povo brasileiro e da classe trabalhadora em geral.

Por isso pesquise, conheça a história dos candidatos e de seus partidos, saiba a quais interesses estão ligados, esteja certo da idoneidade e do compromisso com os direitos de toda a população, e não de poucos.

Veja a publicação do Fórum das Entidades com os vereadores que votaram em projetos que colaboram para a destruição dos Serviços públicos e prejudicam a categoria e toda a população.

Conheça os programas dos prefeituráveis

As questões levantadas acima valem tanto para os candidatos a vereador quanto ao cargo majoritário, no caso atual para prefeito. Eleger pessoas que os representam é estratégico para os trabalhadores e para o fortalecimento de suas lutas.

É preciso avaliar com atenção os programas, as declarações e os passados para saber de fato o que cada candidato representa e não cair em armadilhas.

Eleger representantes do mercado, dos bancos e dos empresários, ou seja, do capital, vai resultar na aplicação de políticas neoliberais que atacam os direitos e a renda dos trabalhadores para garantir os lucros dos bancos e empresas.

Há candidatos comprometidos com os diretos da população trabalhadora, do povo da periferia, da juventude, das mulheres, dos negros e dos LGBT.

Veja AQUI o texto e a live do SINESP sobre as propostas dos candidatos a prefeito para a Educação e acesse seus programas completos.

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault