Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

A assembleia será presencial, em acordo com as normas estatutárias, num espaço amplo que possibilita atender aos protocolos sanitários de segurança, como o distanciamento social

O SINESP vem defendendo a vida e a saúde dos Profissionais de Educação e da Comunidade Escolar nas Mesas Setoriais, reuniões de CRECE e RELT, no Fórum das Entidades e junto ao Ministério Público e à justiça desde o início da pandemia.

Em todos os momentos apontou a falta de condições para o retorno presencial sem garantia de segurança, com real controle da contaminação, e sem que os problemas de infraestrutura física e humana sejam plenamente resolvidos.

O governo e a SME têm afirmado que as escolas estão prontas para o retorno, o que não é verdade, como foi apontado na reunião dos RELTs do SINESPveja AQUI.

Entidades Sindicais da Educação Municipal emitem nota conjunta sobre o retorno das aulas presenciaisveja AQUI.

Diante disso e:

●do aumento da contaminação decorrente do avanço da segunda onda da pandemia do Coronavirus em São Paulo, que já esgota a capacidade de atendimento ambulatorial e nas UTIs dos  hospitais paulistanos;

●do atraso da vacinação na cidade devido à falta de insumos para produção no Instituto Butantan, que joga a previsão de novas doses somente para março, conforme indicação do próprio Diretor Dimas Covas.

●da publicação do Decreto 60.058/21 pelo prefeito em exercício Ricardo Nunes, determinando que a Secretaria Municipal de Educação normatize o retorno das atividades de planejamento e letivas da Rede Municipal de Educação;

●de que esse Decreto foi redigido e publicado sem considerar as manifestações do SINESP e demais entidades sindicais, a realidade da RME expressa pela voz da categoria e sem negociações.

A Diretoria do SINESP, em consonância com o que foi debatido pelo Fórum das Entidades Sindicais dos Servidores Públicos Municipais, convoca a categoria para deliberar em Assembleia sobre o não retorno presencial das atividades letivas conforme indicado no Decreto.

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

5 de fevereiro de 2021

Horário: 16h30 em primeira chamada e 17h00 com qualquer número de presentes (lembrando que pelas determinações atuais do governo do estado, a cidade entra na fase vermelha a partir das 20h00, o que impõe que a assembleia termine antes disso)

Local: Teatro Gazeta, Avenida Paulista, 900

Estacionamento conveniado: Paulista Park - Avenida Paulista 620/648 - 10 reais com o carimbo do SINESP 

 

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault