Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

Como em edições anteriores, a Diretoria do SINESP elabora e apresenta à categoria uma síntese conclusiva dos temas debatidos no Fórum, uma vez que nele não é realizada votação de princípios e lutas como nos Congressos, que em suas 23 edições consolidaram a identidade independente, de luta e inovadora do SINESP.

A edição de 2021 marcou o retorno do Fórum Sindical e Educacional depois de três anos de impedimento à sua realização, por conta da pandemia, que impôs o formato virtual, não presencial, mas também da postura antissindical da gestão da SME, que tirou o Fórum do calendário de dispensa.

Neste ano ele foi reincorporado ao calendário, mas foi adiado devido à greve da categoria pela vida e depois teve a dispensa boicotada em clara retaliação do governo aos lutadores da categoria.

Contexto

O Fórum 2021 foi realizado no momento em que o mundo se vê em meio à pandemia de Covid 19, que atinge os povos da América Latina de forma mais dura, devido à desigualdade social que aqui prevalece, levando populações mais vulneráveis a maior desamparo e sofrimento.

A situação foi piorada no Brasil devido à condução e ao tratamento errático e irresponsável da pandemia pelo governo federal e também por muitas prefeituras e governos estaduais.

A negação da gravidade da Covid, da eficácia das normas de proteção individuais e sociais recomendadas pela ciência, a demora na compra de vacinas, desunião nas esferas federal, estaduais e municipais se somam a suspeitas de corrupção que começam a ser investigadas pela CPI do Senado Federal.

Os Projetos de Lei e Emendas Constitucionais de cunho neoliberal que tramitam pelo Parlamento, muitos dos quais eximindo o Estado brasileiro de atribuições de proteção social previstas na Constituição Federal de 1988, dão mais componentes à crise econômica e social.

Essas propostas dão prevalência do setor financeiro, à privatização e à transferência de dinheiro público a instituições privadas, a oferta privada de educação, saúde, previdência, como estratégia prioritária de valorização e reprodução do capital.  

Tudo isso numa hora de grande sofrimento, em que as famílias brasileiras choram quase seiscentas mil mortes. Numa hora em que a população mais precisa que o Estado cumpra a sua função de proteção social, como estabelece a C.F. 1988.

Muitas conclusões e lutas necessárias vieram à tona a partir das palestras e debates realizados no Fórum 2021 do SINESP. Veja-as na Carta do Fórum. 

●Veja AQUI a íntegra da Carta e as conclusões do Fórum Educacional e Sindical do SINESP 2021, que teve como tema “As transformações do Estado e suas implicações na Educação Pública”

●Veja AQUI a cobertura e as palestras do Fórum.

BannerSite Forum21

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault