Aconteceu no SINESP
0
0
0
s2sdefault

Assembleia deliberou a ação na Greve do Sampaprev2

A Greve em defesa do Serviço e dos Servidores Públicos foi aprovada dia 18 de outubro de 2021 em Assembleia do SINESP, decorrente da tramitação do PLO 07/21 Sampaprev2.

Um dos itens aprovados na Assembleia foi a constituição do Fundo de Greve dos Gestores Educacionais.

Imediatamente ao final do processo de votação do Sampaprev2 o SINESP, juntamente com o Fórum das Entidades, além de ações de continuidade de luta em defesa da Previdência dos Servidores Públicos Municipais, cobrou a negociação junto a Administração Municipal e respeito ao direito de greve, pagamento de dias parados e reposição. 

De forma arbitrária a Secretaria Municipal de Educação iniciou a pressão pelo desconto do período da Greve. O SINESP encaminhou ofícios ao Secretário Municipal de Educação, Fernando Padula, e aos Dirigentes das 13 DREs requerendo imediata suspensão das orientações da Secretaria para apontamento de falta justificada aos servidores que participaram da greve contra o PLO 07.

No ofício protocolado, o SINESP repudiou a orientação da SME, distribuída às UEs pelas DREs, de apontamento de faltas para o pessoal da Educação que aderiu à greve contra as medidas impostas pelo governo através do PLO 07, que muda mais uma vez as regras da Previdência Municipal com grave prejuízo aos direitos e rendimentos dos Servidores Municipais.

Os valores arrecadados pelo Fundo de Greve Solidário serão direcionados aos filiados que vierem a ter eventual desconto decorrente da participação na Greve do Sampaprev2. 

A deliberação da Assembleia foi para constituição de fundo contributivo em sistema de rateio com a participação da categoria.

Doações:

Banco do Brasil S.A.

Agência: 0303-4

Conta corrente: 280993-1

CNPJ: 68.486.943/0001-00  -  SINESP

Fazer como transferência e não como PIX para que entre na conta acima de forma correta

 

Adicionar comentário


0
0
0
s2sdefault